Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Jardim em Dillenburg, Alemanha

Apesar do tempo meio invernoso, este jardim com um lago e cisnes negros, tem o seu encanto. É simples e as árvores que se vêm ao fundo são cerejeiras que estão carregadas de frutos . As cerejas, embora pequenas, são doces e qualquer pessoa as pode colher. Com frio, os sketches têm que ser rápidos como este sob pena de congelarmos.
Leonor Janeiro

4 comentários: