Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 31 de maio de 2019

#vanguardasnojardim

Treinando o olhar das feras, armados com eolines primárias, fomos desenhar uma estátua, que adoro, ali, no fesquinho da Gulbenkian.
Se adivinharem qual é a estátua, já ganhei o dia!
Que boa experiência: colorida, como a vida deveria ser ... mas acima de tudo, libertadora!
Obrigada, Mestre Mário Linhares! Que vivam os Fauves! Que viva a cor!




Por Barcelona


Estive na semana passada em Barcelona, onde pude fazer alguns desenhos, inclusive na companhia de alguns sketchers locais! Logo na manhã de quarta-feira, recém-aterrada, fui procurar um amigo, até então "virtual", o Joshemari Larrañaga, cujo blogue acompanho há vários anos. Tínhamos combinado que eu me juntaria à Colla dels Dimecres, o grupo que reúne para desenhar Barcelona às quartas-feiras. E assim foi. O ponto de encontro era a "Estació del Nord" -- dantes ferroviária, hoje rodoviária -- com uma linda abóbada central em ferro e vidro e um parque adjacente. O meu desenho, pintado mais tarde, ficou assim:


Foi uma agradável sessão de desenho, mas fantástico foi o convívio com a "Colla"! 
[Fotografias do desenho no local e de mim com o Joshemari, AQUI.]

Explosão de cor

Participei no passado sábado numa das sessões do Fauvismo, integrado no Ciclo de Oficinas de Desenho / Vanguardas no Jardim, orientadas pelo Mário Linhares na Gulbenkian.
É sempre interessante experimentar coisas novas para enriquecer o nosso processo de desenho!
Identifiquei-me particularmente com esta abordagem fauvista, em que a cor assume um papel preponderante!





Desenhar com Jeanne Waltz

Nesta sessão do "Vamos desenhar com" no Museu Bordalo Pinheiro, um dos exercícios era desenhar um dos inúmeros animais que aparecem nas peças do Bordalo. E de seguida, criar uma fusão entre esse animal e uma pessoa. A Isabel Braga foi a minha vítima nesta proposta divertida!




A sessão continuou do outro lado da rua, no jardim do Museu de Lisboa, 
repleto de peças do Bordalo Pinheiro.









Eglise Saint Pierre. Port-au-Prince. Haiti.


Sou novo por aqui.
Há algum tempo que não desenho, não sei se por falta de inspiração, se por excesso de preguiça.
Começo com um desenho mais antigo, num local estranho e distante.

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Ponte Vasco da Gama

Ainda no Arboreto, ainda no Parque das Nações, no âmbito do Festival PaRTES 2019.

Dia da Espiga


FIMI 2019 - 1ª parte

Estes são alguns dos desenhos que consegui fazer na última edição do Festival Internacional da Máscara Ibérica.
Um verdadeiro desafio à rapidez. Mt mt complicado de desenhar quem quase sempre nunca está quieto...






quarta-feira, 29 de maio de 2019

No arboreto do Parque das Nações

A exposição da Residência de Desenho do Festival PaRTES, no Pavilhão do Conhecimento, acaba na sexta-feira. Só resta amanhã para a visita.

Retratos urbanos



MoSk #54 - Os MoSk a desenhar classicos IV


Pelo 4º ano os MoSk participaram no VII encontro de automóveis clássicos/antigos de Montemor-o-velho. No encontro desenhare desenhar/pintar, registar no diário gráfico os automóveis clássicos que participam no encontro do grupo "Automóveis Clássicos Montemor"






Em reunião


terça-feira, 28 de maio de 2019

segunda-feira, 27 de maio de 2019

Mértola


Vamos desenhar com Jeanne Waltz

No sábado a Jeanne mostrou-nos os seus desenhos em movimento e pôs-nos a desenhar animais cerâmicos do Bordalo em sucessivas abordagens para depois os cruzar-mos com um outro animal desta vez mais racional.
Foi bem divertido e


por isso prolongámos o encontro para dentro dos jardins do museu da cidade. Aqui percebi porque os pavões são mesmo pavões. Depois de ter pousado para mim sem me impor qualquer limite de tempo, fez questão de se aproximar para espreitar o meu desenho quando coloquei no chão o caderno.  Mas não consegui perceber se o grito que lançou em seguida era de contentamento ou de indignação.



Desenhar por Desenhar


O próximo Desenhar por Desenhar vai ter lugar no domingo, 2 de junho, na Doca de Santo Amaro em Alcântara. Lugar de recreio e passeio a sua situação permite uma variedade na escolha de vistas para desenhar. Do lado do Porto de Lisboa a Gare Marítima de Alcântara, um projeto do arquiteto Pardal Monteiro e do lado oposto a Ponte 25 de Abril que se estende até à margem sul do rio. Na marina estão atracados todo o tipo de barcos para apreciadores do desenho de atividades naúticas e em terra o conjunto de antigos armazéns transformados em espaços de restauração com a sua animação habitual são potenciais elementos a desenhar.
Hora 15h00-17h30
O ponto de encontro é junto à Federação Portuguesa de Remo na entrada para as Docas um local com muita sombra. Comboios partem do Cais do Sodré a cada vinte minutos e levam apenas quatro minutos a chegar à estação de Alcântara-Mar. O eléctrico 15 e os autocarros 728 e 712 também passam perto.
É aconselhável levar um chapéu para proteger do sol e uma garrafa com água.






domingo, 26 de maio de 2019

Ferragudo

Foi um luxo desenhar no Algarve na passada semana com uma temperatura amena e um sol deslumbrante. Comecei pela vila piscatória de Ferragudo com Portimão ao fundo.
Gosto de desenhar em folhas de fabriano 300g em base de KLine.
Leonor Janeiro

Por Amarante

Os Porto Sketchers - PoSk foram convidados para estarem presentes durante a 2ª Bienal Internacional de Ilustração Solidária Ajudaris e foi também o pretexto para mais um encontro, o #61.
Aqui ficam os desenhos deste dia.





Reflexos dourados


Ponte Vasco da Gama

Nazaré

Praia do Norte
Marcador : Lápis de cor

Vamos desenhar com...

Ontem no Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa, mais uma sessão do "Vamos desenhar com..." desta vez com Jeanne Waltz. Desenhámos animais de memória, não olhando para o papel, observando cuidadosamente e, por fim, cruzando um animal com uma pessoa.


Tavira

Capela de Nossa Senhora da Piedade

sábado, 25 de maio de 2019

PoSk #61 Amarante

Hoje estivemos em Amarante num Encontro de Desenho inserido na 2ª Bienal Internacional de Ilustração Solidária da Ajudaris.
Um dia de intenso calor, amenizado pela brisa refrescante que o Tâmega liberta.