Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 21 de março de 2018

Alunos do Apolo (2)































Mais dois pares dançantes. O  bailarino  da esquerda- pequenino, musculoso, com um lenço na cabeça- foi a minha vítima mais frequente.

7 comentários:

sofia palma disse...

Que giro! Pessoas a dançar são super divertidas de desenhar. Estas estão mesmo bem apanhadas

hfm disse...

Mito. Bom.

Rosário disse...

Que movimento!

hfm disse...

BRUTAL! Conseguirás contrariar-me dizendo que este não tem força? ehehehe.

Maria Leonor Janeiro disse...

Eu também vi esse do lenço na cabeça e com corpo entroncado! Pelos vistos dança todos os dias. Boa reportagem.
Leonor Janeiro

Rita Catita Afonso disse...

Homem pequenino, ou velhaco ou dançarino. Desenhos da Teresa, ou estão espectaculares ou estão uma beleza.

teresa ruivo disse...

Obrigada a todos! Helena, ainda bem! Rita, bela veia poética hem? :D