Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Quando chove bebo mais café

Os dias continuam chuvosos. O tempo livre é passado a marcar bons locais para desenhar. Nesta altura do ano são as pastelarias, que também estão quentinhas, a escolha preferida. Como o objetivo é desenhar acabo por pedir um café que se toma rápido. O resto do tempo é passado a cumprir o objetivo. Neste caso aproveitei que a Rita estava na explicação, para dar um saltinho até ao centro de Mafra. Gosto da ideia de desenhar um buraco no papel (a porta) e ser este o ponto de abertura para o mundo registado.

1 comentário:

USKP disse...

Gosto muito
Leonor Janeiro