Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 3 de outubro de 2017

(a)Riscar o Património em Évora

Quando vou a Évora parece que tenho mais vontade e força para desenhar do que o habitual. Como tem sido tradição aproveitei a iniciativa (a)Riscar o Património para rever os amigos e a cidade.
De manhã o encontro foi no Alto de São Bento, onde fui descobrindo novas formas de desenhar os moinhos.





De tarde o encontro foi no convento de São Bento de Cástris, aberto de propósito para nós, onde me deixei encantar pelo sossego do local e por isso mesmo desenhei um pouco menos do que de manhã.




Depois do encontro ainda fui passear pela cidade e desenhar até o sol se pôr, mas isso é outra história.

7 comentários:

Marcelo de Deus disse...

Fantástico Filipe !

Henrique Vogado disse...

O Alentejo dá-te mesmo uma boa energia. Foi mesmo proveitosa a viagem. Estão muito bons!

teresa ruivo disse...

Tudo isto num dia? Vou desmoralizar :((

Pedro Loureiro disse...

Chiça! Isso é que foi trabalhar, e bem!

nelson paciencia disse...

Também vou desmoralizar...

Eduardo Salavisa disse...

Dia produtivo e de grande qualidade.

Lurdes Morais disse...

Uau! Que produção!