Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 25 de junho de 2017

Tapada da Ajuda

Sempre tivera curiosidade pela grande área do Instituto Superior de Agronomia, durante alguns anos frequentei uma parte da tapada e alguns atravessamentos, nunca imaginaria toda a sua dimensão assim como o valor de algumas pérolas ali escondidas.
Neste encontro arrastei mais uma sketcher nova e acho que é para continuar :)

Desenho em andamento pela manhã.


 Vistas sobre os campos e Lisboa, estendendo a margem sul até ao horizonte do Algarve (quero acreditar)

 Observatório Astronómico de Lisboa e o seu jardim romântico, como um amante esquecido, perdido, entre o silêncio e o cantar dos pássaros, envelhecendo com o tempo.


Manto de dragoeiros e sketchers à conversa sobre desenho e sobre a vida.

Uma tarde fabulosa, pelas pessoas, pelas partilhas, pela beleza do que conseguimos ver nos traços invisiveis... 

8 comentários:

Isa Silva disse...

A sketcher nova tem de continuar sim :-)

Isa Silva disse...

O do Observatório em rosa, está lindíssimo!

Pedro Loureiro disse...

E mais de-se-nhaços!

Ketta disse...

Os dois últimos estão magníficos!!!! U-waaa-u!

Miú disse...

Uau, fantásticos desenhos!

Rosário disse...

Fantásticos! Gosto da maneira como utilizas o negro!

Bruno Vieira disse...

Obrigado a todos.
A sketcher nova vai continuar de certeza e espero trazer mais ;)

nelson paciencia disse...

Vai-te lixar pá! Não vale.