Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Ser pastora por um dia

Na festa da Transumância, em Seia, permitem que se acompanhe os pastores e as suas ovelhas na subida à Serra da Estrela, onde eles  permanecerão até quase ao fim  do Verão.
É uma experiência única, pela sua autenticidade, que nos mostra vidas e realidades tão distantes das nossas e  é como um mergulho nas práticas ancestrais que estes pastores conseguem manter tão vivas e enraizadas ainda nos dias de hoje.
Nas primeiras horas, de manhã cedo, um nevoeiro intenso abateu-se sobre a encosta  e tudo era tão bucólico que parecia irreal - coisa que os meus pobres desenhos, (não só por serem feitos em andamento), nunca conseguiriam captar


Pena é que todo o percurso, sem excepção, seja acompanhado de árvores e arbustros queimados que  nos  evocam realidades tão tristes

E se esta festa é, acima de  tudo, uma homenagem aos pastores - que se apresentam impecáveis nos seus trajes de burel, e exibem com orgulho os seus rebanhos, de centenas de animais que muitas vezes dispersam e que  os cães ajudam a juntar. - também eu os quis então homenagear no meu caderno.

Pus o resto dos desenhos no meu blogue. Se tiverem cuiriosidade podem  espreitar AQUI

8 comentários:

José Louro disse...

Imagino o stress (para o desenho) mas isto é que é desenho! Parabéns!!

nelson paciencia disse...

Incrível!

Ana Ramos disse...

Muito bons desenhos. Deve ter sido uma experiência muito especial. Parabéns

Pedro Alves disse...

Fantásticos todos eles. Desenhar a caminhar em simultâneo não é nada fácil e os desenhos refletem todo esse movimento e imprevisibilidade ;)

Suzana disse...

Estão fantásticos Teresa, que bela experiência!

Rodrigo Briote disse...

Um desafio e tanto, mas bem aproveitado

L.Frasco disse...

Que maravilha de desenhos, Teresa! O que tu consegues e em diferentes registos. Sou fã do teu 2º desenho!!

teresa ruivo disse...

Obrigada malta:)