Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Finlândia II - logradouros de Helsínquia


Na chegada à cidade, deixámos as malas no quarto do hotel. Como o frio apertava, achei por bem desenhar no interior, espreitando a janela das escadas. Lá atrás estão as bicicletas arrumadas, uma mini-sauna e ainda o compartimento da reciclagem, onde os vizinhos separam o lixo em, pelo menos, meia dúzia de caixotes diferentes.