Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Avenida do Cristo Rei - rua sem casas


Recordo-me sempre, desde miúdo, que esta parte da rua nunca teve casas. Parece que ela sai da cidade e se liberta do casario, como se fosse um peso a dificultar a subida. Do lado norte temos a vegetação do Seminário e do lado sul temos uma vista que é como um aperitivo para aquilo que se avista lá de cima, do elevado monumento. Vale sempre a pena subir até ao topo.