Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Lisboa Antiga XI


Voltando ao tema do momento, a perseguição ao Roque Gameiro. Desta vez, o trio do costume, foi até à Rua do Benformoso. Entre Paquistanês, Inglês, Francês lá se sentou um grupo de "tugas" com aquele tipico sotaque bairrista que eu tanto gosto e que nos acompanhou durante a execução do desenho. Um sitio a voltar para desenhar a vista do lado contrário que é bem pitoresca.

2 comentários:

João Santos disse...

Chega a ser uma sacanice seres tão bom... :P

Pedro Loureiro disse...

Mai nada!