Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Uma espécie de impressionismo

Ao caminhar lentamente em direção ao comboio que partia para Sintra dentro de 27 minutos, lembrava-me de uma das minhas pinturas preferidas do Monet, a Gare de Saint-Lazare, e numa espécie de impressionismo nasceu este estudo de luz e sombra numa linguagem que certamente irei experimentar mais vezes.

6 comentários:

hfm disse...

Gosto.

Pedro disse...

É mesmo. E fico à espera das novas experiências.

Cesar disse...

Pedro, como vocês dizem agora: "ESTÁ BRUTAL!!!
Gosto mesmo muito.

Bruno Vieira disse...

Tem qualquer coisa de gelo e neve, muito interessante! a Luz ficou fabulosa.

Marcelo de Deus disse...

Tu experimenta homem! E partilha!!!! Brutal mesmo.

AB disse...

Que delírio!...