Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Desenhar...por desenhar!


No Museu de Arte Antiga em Lisboa.

5 comentários:

ana pato disse...

uauu, que desenhos fantásticos!!!!

José Louro disse...

Fixe!!! As always...

Suzana disse...

Muito bonitos!!!

João Santos disse...

eheh adoro a personagem do Bosch ali a pairar

teresa ruivo disse...

Fantásticos!