Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Tavira...

...à beira do rio Gilão!

6 comentários:

André Duarte Baptista disse...

Desenho após desenho, renova-de a minha admiração, pelos desenhos mas sobretudo pelo olhar sensível que capta estes belos momentos

Rosário disse...

Obrigada André por tão boas palavras!

Ketta disse...

Wowww! Gisto mesmo muito do negro que se mistura com o verde!

Miú disse...

Com este tempo de sol já apetece Tavira! E com este desenho tão fresco ainda mais...

Suzana disse...

Muito bonito!

teresa ruivo disse...

Fantástico!