Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Encontro de Abrantes

Abrantes é absolutamente central em relação ao País, aqui se cruzando vias rodoviárias e ferroviárias.
Esta é a ponte do comboio de mercadorias, que atravessa o Tejo em 50 segundos.
Vamos vê-la (e talvez desenhá-la) amanhã no Encontro de Abrantes. Detalhes aqui: http://www.bmab.cm-abrantes.pt/index.php/pt/agenda/162-cadernos-de-viagem-de-abrantes
#abrantes
#uskp
#urbansketchers

2 comentários:

Eduardo Salavisa disse...

Há quem diga até que Abrantes, devido à sua situação geográfica, devesse ser a Capital do país...

hfm disse...

Gosto tanto destes desenhos. Do que estou a comentar e dos que vi no livro que tenho de folhear e ler com calma.