Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 18 de março de 2018

os últimos moleiros de Torres Vedras

Joaquim Constantino, um dos últimos moleiros de Torres Vedras
Filho e neto de moleiros. Nunca conheceu outra profissão e a sua maior preocupação é o fim "disto tudo" - o saber escolher os cereais, o saber moer, o saber conversar com o vento, o saber ensacar e o saber conservar um moinho. Ele faz o que pode, e faz mais do que seria exigido a uma pessoa que dedicou toda a vida ao trabalho árduo. Soube adaptar-se à evolução, aliando o artesanal com o industrial. Está lá no seu cantinho, todos os dias, sempre disponível a receber e a partilhar o que sabe com quem queira aprender. Recomendo uma visita.
Casal Moinho do Frade - Bordinheira, Ventosa





1 comentário:

Marilisa Mesquita disse...

gosto de moinhos e dos teus desenhos :)