Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 9 de março de 2018

Moledo - Lourinhã

No passado dia 4 de Fevereiro deu-se o 14º Encontro dos Oeste Sketchers em Moledo na Lourinhã. Estava um dia de muito frio e bastante vento, nada próprio para a prática do desenho mas o almoço farto que iríamos ter bem como os momentos de descontração entre amigos foram o mote para nos tirar de casa e enfrentar a intempérie. 


 O melhor local para desenhar foi aqui... Dentro dos lavadouros completamente protegidos do frio e sentado em cima de um tanque de lavar roupa, deu para fazer este conjunto de casas onde a reabilitação que está a tomar de assalto toda a aldeia, já se fazia sentir. Ainda assim, eram notórios os contrastes entre as novas construções e outras que já sentiam o enorme peso do passar do tempo.

Depois da magnifica feijoada oferecida pela comunidade ainda deu tempo para desenhar a igreja numa altura em que o sol espreitava por entre as nuvens e apesar do frio, dava um ar luminoso a todo o conjunto. Não fiquei muito tempo  por motivos familiares mas deu para fazer o "gostinho ao dedo"

4 comentários:

Suzana disse...

Muito bonitos, o contraste das nuvens carregadas e da luminosidade criaram um dramatismo muito bonito

André Duarte Baptista disse...

Que excelente post

Marcelo de Deus disse...

Penso que atingiste o ponto de rebuçado

Membro USK disse...

Que desenhos maravilhosos...