Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 20 de março de 2018

Desenhar Óbidos - dia 1

Mas que belo sitio este, e que pessoas incríveis fui encontrar!
O primeiro dia foi de aquecimento, uns quantos rabiscos só para ganhar ânimo e ritmo.






4 comentários:

teresa ruivo disse...

Boa! Tantos desenhos! Está-se a compor...

Procópio António disse...

Gosto muito do desenho da Ginginha. Acho que quando colocas as pessoas nos teus desenhos acrescentas uma humanidade que tem que ver contigo.

Procópio António disse...

Ginjinha e não Ginginha. O último também é um bom exemplo

sofia palma disse...

Obrigada! Sim, eu tenho um fraquinho por desenhar pessoas, e os desenhos no caderno em especial (que é onde desenho mesmo por prazer) ficam mais vivos quando as incluem