Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

ADFA

A Associação de Deficientes das Forças Armadas tem uma cantina que é pública. Come-se bem por 5.5 euros. Este valor dá direito a sopa, ao prato principal e ainda a sobremesa. Está quase sempre cheia e é excelente para desenhar. Mas hoje fiquei na única mesa livre no meio da sala. Quando terminei de almoçar o grupo da frente já tinha ido embora. Sobraram os três amigos da mesa seguinte.
 Mas nem tudo é perfeito. Tal como todas as outras cantinas tem a característica sonora de muita gente a conversar. E para um professor que passou a manhã toda a ouvir o burburinho de dezenas de alunos torna-se ligeiramente incomodo. Por isso acabo por decidir, muitas vezes, ir comer a bifana no café onde pago quase o mesmo, mas onde existe um silêncio de ouro.