Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Pescaria nos Mosteiros

Porto de pesca dos Mosteiros

(Aguarela, grafite, caneta caligráfica, carimbo e lápis de cor)                                                                                                               «in situ»

3 comentários:

Eduardo Salavisa disse...

Quanto a mim os teus desenhos têm evoluído para um registo diferente e para muito melhor. Uma opinião.

Alexandra Baptista disse...

Obrigada Eduardo.

Teresa disse...

Gosto muito do desenho, da forma como desenhaste as pessoas, das manchas de azul.