Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

O campo que me leva a filosofia


"É preciso também não ter filosofia nenhuma", Alberto Caeiro

Não basta abrir a janela
Para ver os campos e o rio.
Não é bastante não ser cego
Para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há ideias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela. 

8 comentários:

Patricia Ferreira disse...

Es-pe-ta-cu-lar!!!!

Patricia Ferreira disse...

Presumo que seja... a Nini! Aguardo pelo desenho da Alice neste teu novo tipo de registo que te assenta como uma luva!

Hélio Boto disse...

Bons desenhos, Parabéns!

nelson paciencia disse...

Grande grande desenho! E muito bonito o texto.

Bruno Vieira disse...

Adorei

Celeste Vaz Ferreira disse...

Muito, muito bom!

Pedro Alves disse...

Este é o bloco que associado a desenhos desta qualidade, deixa tudo KO

Maria Leonor Janeiro disse...

Muito bonito
Leonor Janeiro