Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 2 de maio de 2017

Ria de Aveiro, vista lá de cima!

A partir do Canal de São Roque, podemos passar para o lado da ria através de uma ponte pedonal que passa por cima da A25. Como é bastante alta temos uma vista bastante privilegiada e bonita sobre a ria e foi essa a vista que desenhei. Fiz a composição do desenho de modo a incluir o tufo de árvores do lado direito e o bando de flamingos que se via do lado esquerdo em baixo, mas a meio do desenho, um deles levantou voo e foi o mote para todos eles entrarem em debandada. Foi um cenário muito bonito de se ver, mas o meu desenho ficou um bocadinho mais pobre e algo desequilibrado, mas gosto dele na mesma, transmite toda aquela calma que se sente ao contemplar a ria (apesar do vento fustigante)...

3 comentários:

Teresa disse...

Uma beleza. O desenho e a ria!

DiasVanda disse...

Respira paz, este teu desenho!

Suzana disse...

Obrigada :)