Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Malagráfica - 2017




Um dos cadernos que nos ofereceram e que é uma beleza, fica apenas a capa de rosto.

Utilizei este caderno para fazer os sketches pedidos pelos formadores e para tomar nota das conferências. Levei um Moleskine pequeno de acordéon que preenchi toda a parte frontal apenas com pedaços daqui e dali dos meus dias passados em Málaga. Utilizei ainda um leporelo feito por mim que não consegui acabar. O sketch debaixo foi feito nesse caderno e é do enorme Castillo de Gibralfaro que, desde que o vi, e ele vê-se de vários lados, me encantou como diriam "nuestros hermanos".

O encontro foi muito bom com um ambiente fantástico. Belos dias que terminaram rapidamente, como tudo de que gostamos muito.


2 comentários: