Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 2 de maio de 2017

De manus importantia ... ou três mãos por dia, nem sabe o bem que lhe fazia!

    Que sorte ... o workshop veio até nós ... mesmo ali ... na varandinha. 
Obrigada, anjinho da guarda chamado Lluisot!



 Voilà, Teresa Ruivo, a modelo mais requisitada lá para os lados de Óbidos. 
Depois de "borrado" decidi borrar ainda um pouco mais. Espero não ter estragado, sr. professor. Muito obrigada pela ajuda preciosa. Que bom aprender assim. 
Todas as aulas deviam ser assim. 
Quem queria ouvir ... ouvia quem quisesse ser ouvido!

2 comentários:

nelson paciencia disse...

O workshop mais requisitado de sempre e organizado em cinco minutos. Que formidável!

Rosário disse...

Gosto dos teus desenhos sem medo!