Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Queijadsa finas de Sintra :)


Há mesmo muitos anos que não comia queijadas de Sintra na Boca do Inferno. Uma paragem numa esplanada  foi o pretexto para relembrar o sabor, depois de um calmo passeio pela marginal.


4 comentários:

Rita Catita Afonso disse...

Adorável!

teresa ruivo disse...

Queijadas de Sintra têm muito que se lhe diga! Gosto muito deste desenho com pacote e tudo!

Rosário disse...

Que delícia!

USKP disse...

Que queijadas tão reais! Apetece trincar!
Muito bom

Fefa