Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Paris que não se apouque

As coisas boas são para se copiar e é assim que se aprende. 
Tal como Abrantes, Paris escolheu uma localização central e tem uma torre visível de toda a cidade, que muito lhe facilita a orientação.
(Encontros de Cadernos de Viagem de Abrantes. Residência Artística).