Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 11 de abril de 2017

De regresso

Foi um fim de semana longo em família pelo Norte e Centro do País. Também foi uma tentativa para encontrar o equilíbrio entre o desenhar, estar com a família e descobrir coisas em conjunto. O desenho tem de ser mais rápido  e descomprometido. Desenha-se quando se pode. Quando se impõe o desenho aos que nos rodeiam corre mal. Nesta pausa numa das estações de serviço da A8 penso também no Grande Pedro que vai a Chicago e no meu "quase lá". Era tão bom podermos ir todos.

2 comentários:

Pedro disse...

Pois o que ensombra a minha boleia para o Simpósio é deixar por cá tão brilhantes candidatos. Ainda por cima com uma votação tão próxima.
Espero não deixar ninguém ficar mal.

Procópio António disse...

Pedro tenho a certeza absoluta que não vais deixar ninguém ficar mal. És uma inspiração para todos nós. Grande abraço!