Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Gulbenkian


Num dia de sol assim, restam poucas escolhas! Nesta aguarela tento adaptar-me ao papel Canson, como se nota no reflexo do lago, que está incerto, quase turvo, pouco conseguido. Também se nota que, na ânsia de acrescentar camadas, algumas partes da imagem ficaram muito opacas. Da próxima vez vou tentar de outra forma..

10 comentários:

teresa ruivo disse...

Que coisa linda :)

hfm disse...

Gosto. Muito.

AB disse...

muito bom!

Miú disse...

Lindíssima, esta aguarela.

Pedro Alves disse...

Para a próxima vez que fores tentar de outra forma liga-me que eu vou contigo ;) Parabéns, isto já está a ganhar contornos de aguarelista!

Manuel Tavares disse...

Excelente resultado.

Marcelo de Deus disse...

Gosto

USKP disse...

O prylene green resultou!Muito bom
Leonor Janeiro

USKP disse...

Obrigado a todos :)

Tomás Reis

Jrosa disse...

Uff!.. Está demais!