Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Gulbenkian


Foi ontem no final da tarde, já as nuvens corriam do sul, anunciando tempestade. O ambiente estava calmo - estranhamente calmo para o centro da cidade, mais calmo ainda quando comparado com o bulício do trânsito da Praça de Espanha.

Ali sentei, naquele delicioso desnível entre o palco do anfiteatro e a relva, mais confortável que muitas cadeiras de cinema. A paisagem é sublime, o lago espelha as luzes que acendem e o céu que ruboriza, depois escurece. 

1 comentário:

Rosário disse...

Um sítio muito desenhável!