Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Encontro Quinta do Ferro - Janeiro 2017




5 comentários:

hfm disse...

Belos registos. Tive tanta pena de não ir.

teresa ruivo disse...

Que giros; gosto muito do primeiro!

Jrosa disse...

Maravilha. O segundo é o edifício mais emblemático dos degradados na Quinta do Ferro e que ainda ninguém teve a coragem de o desenhar assim tão inteiro. Parabéns.

Isa Silva disse...

Teresa, ainda apanhei a senhora à janela com a roupa. Pouco depois, apanhou tudo apesar dos nossos ohhhhhhhh's

José, achei que estava a chamar por um desenho. Pareceu fácil mas tinha muitos pormenores por causa dos tijolos à vista :-)

hfm, não te esqueças que ainda vai haver o 'depois' ;-)

Jrosa disse...

E o "durante"...