Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

em 2017

Este é um dos primeiros registos do ano, feito no Nordeste. A vista do miradouro da Borda da Ladeira é arrebatadora e o desenho não lhe faz justiça...

(Broadpen, lápis de cor, grafite e aguarela)                                                                                                                             |«in situ»|

4 comentários:

Bruno Vieira disse...

O desenho pode não chegar aos calcanhares da paisagem mas estas linhas mostram o suficiente da sua morfologia para a compreender, gostei.

Membro USkP disse...

Que belo desenho!
Leonor Janeiro

Pedro Loureiro disse...

Bestial!

Isabel Alegria disse...

Gosto muito! Tem algo de sonho... e brisa.