Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Conceição Velha


Cada vez que passo, aqui na rua da Alfândega, não resisto a admirar este monumento manuelino de 1534,  derrubado em 1755 e reconstruído pouco depois. Era o segundo maior templo de Lisboa a seguir aos Jerónimos. Dá vontade de voltar sempre aqui para desenhar e tentar entender os motivos da não simetria das estátuas, baixos relevos e símbolos.