Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Muita gente no Museu do Carmo


7 comentários:

jeanne disse...

mesmo sem as tuas cores, continua muito teu e muito bom!

teresa ruivo disse...

Que coisa fantástica.O teu traço flui...é lindo!

hfm disse...

Um desenho diferente mas tão cheio de vida e da imensa beleza que aquele lugar transmite. Belíssimo.

Eduardo Salavisa disse...

Excelente! E também gostava que vissem os da Inma e do Miguel.

Rodrigo Briote disse...

Muito boa a composição, e a sensação de profundidade

Manuela Rolão disse...

Só tu!

João Santos disse...

Acho isto fabuloso!