Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Évora

Num passeio por Évora a gente anda muito. Depois tem fome e vai comer ao "Moinho do cu torto" que é um local que para além de se comer que nem um alentejano, há montes de coisas do tempo da minha avó que dão para desenhar...

4 comentários:

cláudia mestre disse...

Lindo desenho! Objetos que me são muito familiares. Que nome curioso o do restaurante :)

Maria Celeste disse...

...que boa vida,Zé...

Rosário disse...

Tão giro!

Pedro Loureiro disse...

Está aqui uma qualidade de banda desenhada Zé! ;)