Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Desenhar de madrugada

Hoje parti bem cedo de Mafra para evitar filas. Às 7:30 já estava em Lisboa a beber o meu café. O sol ainda não tinha decidido aparecer mas a luz matinal permitia ver o suficiente para desenhar. É assim que gosto de começar o dia.

2 comentários:

teresa ruivo disse...

Desenhar (bem) e fotografar de madrugada. Eu acho que tu não dormes António :))

Rosário disse...

Sempre o desenho bom!