Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Coliseu dos Recreios

Engraçado como a minha percepção espacial desta sala, completamente deserta e apenas com a iluminação base, se alterou. A noção de ser circular desapareceu e a forma octogonal emergiu em pleno, assim como o cinzento que me pareceu muitíssimo preponderante.
Confesso que tenho um fraquinho por este espaço, e foi muito bom poder estar tranquilamente a desenhá-lo celebrando os seus 125 anos.




15 comentários:

hfm disse...

Estão muitos bons. O primeiro entra cá dentro.

Filipe Pinto disse...

Foi um encontro onde só vejo desenhos muito bons. Os teus não fogem à regra.

nelson paciencia disse...

Bolas, que o primeiro desenho está inqualificável de bom!

Rodrigo Briote disse...

Dos que vi ao vivo gostei especialmente do 3º desenho, só a linha

teresa ruivo disse...

A cor transmite o cheiro a mofo e a pó que o Coliseu tem, assim vazio. Muito bom!

Ana Crispim disse...

Mesmo bons,todos. gosto muito, Celeste

Marcelo de Deus disse...

Muito bons!

Membro USkP disse...

Muito obrigada pelos comentários!
Celeste Vaz Ferreira

jeanne disse...

chego tarde, mas tb gosto!

Miú disse...

Moi aussi! :)

Rosário disse...

Também gosto! Estão muito bons!

Suzana disse...

Que bons desenhos Celeste, então o primeiro!

Bruno Vieira disse...

Fabulosos

Manuel Tavares disse...

Wow. Muita bons! O primeiro mete respeito, o último faz suspirar. Excelente enquadramento e perspectiva.

Mário Linhares disse...

Ganda Celeste! :)