Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 23 de outubro de 2016

Azulejo...

Primeira sessão de desenho do Alfabeto Lisboeta 2016/2017: Letra A - Azulejo no Museu Nacional do Azulejo.


7 comentários:

Fernando Veríssimo disse...

LINDO!DINÂMICO!

teresa ruivo disse...

Ui ui...que lindo!

hfm disse...

As palavras nunca conseguiram transmitir o impacto que este desenho me causou. Impacto mais do que positivo.

Rodrigo Briote disse...

Correu-te bem essa sessão do Alfabeto Lisboeta

Marcelo de Deus disse...

Dava um excelente postal...

Mário Linhares disse...

Lindo trabalho. Percebeste muito bem o espírito do exercício!!
Gandra Mónia!!! :)

Pedro Loureiro disse...

Tau! No fundo da rede! :)