Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.

domingo, 25 de setembro de 2016

DEGAS soltou o traço

Na passada semana fui ver a coleção Phillips que está a ser mostrada no  La Caixa Forum, em Madrid. Um dia antes fui ao Museu Thyssen ver o quadro" Bailarinas de Verde" de Degas, 1879 e desenhei um troço da saia de tule com as terminações pintalgadas de cores quentes. As " bailarinas na barra" que faz parte da coleção Phillips foi pintada cerca de 20 anos depois. O quadro é todo movimento e traço bem diferente do que tinha visto. Sentei-me no banco e não resisti a fazer o exercicio de desenhá-lo. Não havia assim tanta gente e obsevei-o atentamente pensando: Degas soltou o traço!

1 comentário:

Membro USkP disse...

A Leonor não só soltou o traço como também soltou o pincel !!! e a cor ficou magnífica.
Fica assim provado que é possível transportar um Degas para uma aguarela de uma USKP!

P.S. a exposição da Caixa Forum, em Madrid, não se pode perder

Fefa