Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sábado, 20 de junho de 2015

Autopictografia: Retrato com poema a reboque


Um auto-retrato? Vamos a isso! Mas pus-me a pensar: qual dos meus rostos, de todos os que sem querer assumo ao longo do dia, haveria de captar? Em vez de tentar escolher, preferi desenhar, de uma só assentada, alguns dos "eus" que a minha cara revela: o eu triste, o eu divertido, o eu zangado, o eu aflito, o eu espantado, o eu pensativo... Saiu-me um mosaico de Miús, cada qual a dar o seu bitaite para o retrato conjunto:


Como bónus, e porque falamos não só de auto-retratos mas também de auto-análise, deixo aqui a minha versão da "Autopsicografia" de Pessoa - adaptada, com uns quantos pontapés, à nossa realidade "pictórica":


(Com as minhas desculpas aos Pessoanos e a todos os sketchers que não são dados a estas poetiquices...)

23 comentários:

Rosário disse...

Que giro auto-retrato e com poema e tudo!

Maria Celeste disse...

...e para a dúzia só falta uma que és tu...
...gosto muito e do poema também...

nelson paciencia disse...

Genial!

Fernanda Lamelas disse...

Realmente somos feitos de muitos momentos, humores, que nos definem e diferenciam! Gosto muito desta resposta ao desafio!

hfm disse...

Bela tirada escrita e pictórica!

AB disse...

Muito bom!

Ana Crispim disse...

Bom Trabalho

Nathalia disse...

Muito criativo e sensível! os retratos juntos ficaram ótimos ;-)

Manuela Rolão disse...

Adoro a variedade de respostas ao desafio... Esta está um espanto, com direito a poesia e tudo!Uma sketcher com outros atributos! Parabéns!

Suzana disse...

Está o Máximo Miú, adorei :)

Procópio António disse...

Muito bem!

L.Frasco disse...

Bela ideia para abordagem!
Os dotes poéticos já conhecia e a fasquia estava alta, com o Pessoa ao lado, mas foi mesmo bem ultrapassada.

Dina Domingues disse...

Muito muito bom. Original, giro e divrtido. Diverti-me a olhar para os rostos

Marcelo de Deus disse...

Belo exercício...

teresa ruivo disse...

Boa Miú! Agora só falta arranjar 11 heterónimos!

Luís Ançã disse...

Fantástico.

Miú disse...

Muito obrigada a todos! Foi um desafio muito divertido. :)

Entretanto, descobri que o 9º Desafio, de Fevereiro de 2010, também já tinha sido de auto-retrato. Aí podemos ver vários rostos que não aparecem nos contributos deste mês.

Rita Caré disse...

A forma como mostras todas estas tuas faces é impressionante!

Rita Caré disse...

A forma como mostras todas estas tuas faces é impressionante!

Alexandra Baptista disse...

Muito bom, parabéns!!

bruxadoscogumelos disse...

Que maravilha! Tantas faces, qual diamante ;-) e o poema ... muito bom! que bem ficaria no cabeçalho :-D

Miú disse...

Muito obrigada a todos os que comentaram o meu desenho!
E muitos parabéns aos que mereciam também ganhar, em especial ao Nelson, cujo desenho estava tão giro.
É uma honra para mim estar ali no cabeçalho durante este mês, ainda que aquela cara da direita (em cima) esteja com um sorriso um pouco parvo - e naaaaaada parecido com o meu, eheh. ;)

Rui Grilo disse...

Não cheguei a tempo de comentar para as contas do desafio, mas gosto muito de ver este desenho no cabeçalho do blog este mês! :)