Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sábado, 28 de março de 2020

“Estamos a passar por momentos surreais...”

Hoje foi dia para fazer sopa e também para responder ao desafia da Fernanda Lamelas que nos propôs uma mistura surreal acordante com o momento em que nos encontarmos. Ora, uma vez mais, não tive como nâo conciliar os dois desafios (o nacional com o açoriano). A sopa deu-me uma grande dor de cabeça, as vaidosas - a couve keil e a cenoura-  não queriam tomar banho nem por nada, a minha sorte é que, à falta de curgetes, a batata colaborou logo que os feijões tomaram conta da ocorrência.

8 comentários:

Fernanda Lamelas disse...

Ah, ah, ah, mas conseguiste? Espero que a sopa tenha ficado tão boa como o desenho!

Rosário disse...

Está fantástico!

Ana Conceição disse...

Gosto muito!!

Suzana disse...

Está fantástico!

Teresa disse...

Muito bom !

João André disse...

Tão giro!!

Teresa Ruivo disse...

Tanta imaginação! Brutal, Alexandra!

Luís Ançã disse...

Adoro!