Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 29 de abril de 2018

pessoas no comboio

Disenhar pessoas é siempre um gran reto para mim, siempre encontrei muito dificil e admiro aos sketchers capaces de captar as expressioes, e as pessoas em disenho em vivo. Mismo eu nao tenha muito jeito para esto que acho uma das mias asignaturas (cadeiras?) pendientes, siempre tento aproveitar cuando estou no comboio para practicar, nao a que rendirse nunca! As veces gosto de disenhar so com o marcardor preto o lápis, e um marcador fluorescente, é divertido. Ainda bem que a senhora a leer estaba muito concentrada na sua novela de mistério, porque assim nao diou-le para percibir que estaba a ser sketched!! XD  Onde é que ficará Elisabeth? O senhor de justo delante mia, decidiou mudar de assiento de repente, probablemente para disfrutar melhor das vistas do mar no camino de Oeiras a Lisboa. Saludos!




4 comentários:

teresa ruivo disse...

Obrigada pela partilha!

cirenia arias disse...

Obg siempre eu!

Suzana disse...

Muito giro o de amarelo! O meu comboio preferido para desenhar pessoas!

cirenia arias disse...

:)