Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

À espera, em Porto Brandão

Por vezes estes tempos de espera são os melhores para desenhar.
Nem quero saber do resultado. O desenho acaba quando acaba o tempo que, no entanto, não é roubado a nada nem a ninguém.

10 comentários:

nelson paciencia disse...

Tão bom este desenho!

Rita Caré disse...

Gosto tanto!
Adoto a forma como resolveste os prédios lá ao fundo!

João Santos disse...

Um trabalho estupendo só com caneta!

Isa Silva disse...

ahh gosto tanto deste :-)

hfm disse...

O que eu gosto da serenidade que este desenho me transmite.

Maria Leonor Janeiro disse...

Este desenho tem muita luz.... e é só feito com caneta!
Leonor Janeiro

Fefa disse...

Este desenho está perfeito!
Fefa

Pedro Alves disse...

Está incrível!

Suzana disse...

Muito bonito!

Manuel Tavares disse...

Tão bom!