Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 19 de novembro de 2017

Museu do Carmo



2 comentários:

Celeste Vaz Ferreira disse...

Repito o que já te tinha dito: gosto muito deste desenho com um sentido de percurso e registo de memórias, desenhadas e escritas, da tua viagem pelo MAC.
Muito obrigada por estares presente.

Rosário disse...

Percurso bem vivido!