Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

terça-feira, 31 de março de 2020

Web oficina #9 - Lá fora dentro de casa

Olá a todos :)!
O que apetecia agora nestes dias de Primavera com um tempo tão bom, seria fazer uma oficina no exterior, com as plantas e flores de campo como tema. Nessa impossibilidade (excluindo quem tem a sorte de ter um jardim ou um terreno), vamos fazer de conta que estamos lá fora e desenhar o que temos em casa, como as plantas de vaso, frutas, legumes ou outros elementos que ache interessante, como uma coleção de objetos do mesmo tema.

O desafio é utilizar várias técnicas de representação de modo a explorar diferentes formas de interpretar o mesmo tema, conseguindo assim um registo com uma diversidade gráfica mais interessante.
As propostas são as seguintes, explora todos ou os que te derem mais gosto e bons desenhos:

Ex.: 1
Pinta uma mancha de aguarela de modo a ter representadas as cores da planta ou objeto a registar (neste caso o amarelo da flor e o verde das folhas). Depois de secar, desenha o elemento com as linhas de contorno, com mais ou menos pormenor.



Ex.: 2
Pinta só com mancha de aguarela a planta ou objeto, sem muita preocupação de ficar tudo no lugar ou com as formas bem definidas. Depois de secar, desenhar o mesmo elemento de modo a definir os contornos, a forma e os pormenores, mesmo que não coincidam com a mancha de cor. Não é necessário desenhar todas as formas.


Ex.: 3
Desenhar uma coleção de elementos soltos com mancha ou linha sem medo de sobrepor. Objetos a mancha com uma superfícia mais ampla e sem pormenores, e a linha qnando são mais recortados e ou prmenorizados.



Ex.: 4
Sobre uma mancha escura (de preferência azul) de aguarela, acrílico ou outro material, desenhar com tinta branca uma planta ou outro elemento. Quanto mais escura for a mancha de fundo melhor será o contraste. A tinta branca a usar tem de ser opaca como o guache, acrílico, caneta de gel ou lápis ceroso. O efeito é o de uma cianótipia (em que sobre uma superfície sensibilizada com uma solução própria, quando exposta ao sol, o objeto que ficar por cima deixa uma mancha branca com a sua forma, pois os ultra violeta não atuaram sobre a solução) mas como é falsa, pode-se fazer com mancha (lado esquerdo) ou o contorno (lado direito), conforme o tipo de planta ou objeto.




10 comentários:

L.Frasco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
L.Frasco disse...

Boa, Suzana! Isto é quase 4 oficinas numa só.
Antevejo trabalhos bem bonitos.

Alexandra Baptista disse...

Obrigada Susana, interessante e trabalhoso. Tentarei dar resposta a esta oficina.

Fernanda Lamelas disse...

Belas propostas!!

Ana Jacome disse...

não só uma ótima proposta como também é linda!
muito obrigada pela tua criatividade

Manuela Rolão disse...

Gosto, gosto!

Paola Lovegood Amore disse...

come faço a carregar um desenho? è a primeira vez...

Luís Ançã disse...

Excelentes propostas. Estou com o Luís Frasco: dava para 4 dias... é para ir fazendo : )

Teresa Ruivo disse...

Paola, no blog, em cima, tem um separador que diz "junta-te aos USkP". Carregue, e escolha depois "como publicar no blogue". Está lá tudo!

Teresa Ruivo disse...

Suzana, esta oficina vai dar desenhos lindos!! Obrigada!