Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

DESENHAR POR DESENHAR EM FEVEREIRO


desenho de Teresa Ruivo
Em Fevereiro, no dia 17, das 15h às 17:30 vamos desenhar um pavilhão que viajou pelo Atlântico e tem muito que contar. Fabricado em Portugal, foi para o Brasil para representar o papel de Pavilhão Português das Indústrias na Exposição Universal do Rio de Janeiro, em 1922. Voltou anos mais tarde a fazer a travessia do Atlântico até Lisboa, onde foi montado para receber a Grande Exposição Industrial Portuguesa, em 1932. Desde aí serviu para tudo: recebeu campeonatos desportivos, sobretudo de hóquei, festas, espectáculos e grandes comícios de que muitos se lembram bem. Chamou-se Pavilhão dos Desportos e passou a Carlos Lopes. Foi maltratado, esquecido e fechou por decadência. Em 2016 teve finalmente obras. Sobreviveu e continua lindo, bem anichado no cimo do Parque Eduardo VII. Vamos levá-lo em mais uma viagem, desta vez até aos nossos cadernos? Olhem que vale a pena!
Nota: Está prevista a possibilidade de desenhar o interior do Pavilhão, sendo para isso necessário enviar o nome para teresa.ruivo@netcabo.pt

2 comentários:

José Louro disse...

Mais uma grande iniciativa!!! Parabéns!!!

L.Frasco disse...

Bem apetitoso pra desenhar!!