Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Agenda dos Sketchers - Junho de 2018

Editorial

Para quem ainda não sabe os Urban Sketchers lançaram até 8 de Junho a campanha de angariação de fundos 10k + 10k Matching Fund Campaign para levar os workshops de urban sketching a novos horizontes. Podem ficar a saber mais sobre a campanha se virem este video com a mensagem da Amber Sausen.
E enquanto não chega o tão antecipado Symposium no Porto nada melhor que um bom aquecimento de preparação. O Encontro Nacional no Museu dos Coches, decorreu no passado dia 26 e surpreendeu pelo grande número de participações e pelo sucesso da organização conjunta da Associação dos Urban Sketchers de Portugal, Museu dos Coches e Direcção-Geral do Património Cultural.
Este mês, na Agenda, a Matilde Reis convida-nos para Drink and Draw e o Jorge Antunes leva-nos a desenhar clássicos com os Mosk, um encontro que se realiza em Montemor desde 2015. Em entrevista fala-nos mais em detalhe do seu encontro com o desenho e com os Urban Sketchers.
Bons desenhos!
A equipa da Agenda

AGENDA DOS SKETCHERS
Junho 2018

Mosk a desenhar clássicos
Por Jorge Antunes
O Urban Sketching tem como principal finalidade registar tudo o que nos rodeia: paisagens, ambientes e as pessoas que os integram, pequenos detalhes que apenas alguns conseguem perceber. Se desenhar é acima de tudo registar a nossa visão da realidade, porque não desenhar também carros? Depois de percebermos a variedade de encontros de carros clássicos que ocorriam e as suas características, nasceu em nós a ideia de os desenhar e assim transpor, para os nossos cadernos, as suas características. O primeiro encontro com esta finalidade ocorreu em 2015, quando os Mosk eram ainda um grupo recente, e foi organizado após o contacto com os membros do clube “Automóveis Clássicos de Montemor”. Este clube, que realizava naquela altura o seu 3º encontro de carros clássicos, mostrou um grande interesse na nossa iniciativa e permitiu que o primeiro encontro fosse dinâmico e apelativo: os participantes podiam andar nos carros de acordo com o circuito proposto e depois desenhá-los. A partir dessa primeira experiência, os Mosk passaram a ser convidados todos anos por esse mesmo clube, atraindo cada vez mais Scketchers e também pessoas com os seus carros clássicos, interessadas em vê-los desenhados. Devido à cada vez maior aderência, parcerias estão a ser estabelecidas com outros clubes de forma a não só dinamizar os futuros encontros de desenho como também a atividade que constitui o Urban Sketching. Like Agenda dos Sketchers - Junho 2018 on Facebook

Drink and Draw com o Tomás Reis
Por Matilde dos Reis
"A freguesia de Benfica precisa de mais sketchers como nós, Matilde. Vamos a isso!" - disse o Tomás, convicto.
Em poucos dias, o meu irmão sketcher dispôs-se a orientar sessões de desenho semanais na cafetaria do Palácio Baldaya. Após a devida aprovação, ele pensa que o conceito Drink and Draw se adequaria na perfeição: momentos de contemplação, desenho, convívio, um copo ou um café.
Cada encontro nunca durou menos de uma hora. Não é nada fácil dar por terminada uma conversa desenhada.
Estas sessões já contaram com o espaço totalmente lotado: amigos, curiosos pelo desenho e que trouxeram o seu primeiro caderno como também sketchers. A cada dia, clientes da cafetaria nunca hesitavam em perguntar timidamente de que se tratava e se não poderiam também desenhar connosco, de sorriso na cara.
Na última sessão em que estive presente, contei com a agradável presença da Teresa Ogando, da Marilisa Mesquita, da Ana e do Mário Crispim. A cada dia é proposto um tema, um exercício. Desta vez, o Tomás propôs que desenhássemos o interior e exterior do espaço. A entrada da luz. Deste desafio resultou um bonito e diverso mosaico de registos daquele lugar. Este foi o meu.. Like Agenda dos Sketchers - Junho 2018 on Facebook

Entrevista a Jorge Antunes

Jorge é o associado nº 218, Formador CAD 2D e 3D e vive em Montemor-o-Velho.
Há quanto tempo desenhas?
Sempre me lembro de desenhar desde muito novo, especialmente enquanto era adolescente e passava as férias de verão a andar de bicicleta, parando para registar os sítios que encontrava, muitas vezes desconhecidos para mim. Entretanto, fui de certa forma forçado a parar de desenhar por algum tempo enquanto terminava o meu curso e começava a desenhar em computador CAD, mas foi enquanto me licenciava em Arte e Design que voltei a ter contacto
com o desenho livre, devido ao Diário Gráfico. Assim, depois de anos a desenhar à frente de um computador e segundo normas técnicas, o desenho artístico voltou a fazer parte da minha vida como forma de escapar ao stress e de manter um tipo de memórias dos sítios que visitava diferente. Num mundo tecnológico onde as redes sociais são os locais de partilha de tudo o
que as pessoas veem (quando na verdade nada veem, pois apenas tiram fotografias sem olhar para os cenários originais) o desenho “in situ” faz-nos ver, obrigando-nos a observar calmamente o local e todos os seus detalhes, de forma a os registar em cadernos. Esses cadernos constituem por isso autênticos álbuns fotográficos: podem ser guardados numa prateleira e ser vistos mais tarde, permitindo a recordação de momentos e detalhes não só do local, como também do ambiente que o envolveu, algo que não pode ser registado através apenas de fotografias.
Há quanto tempo és USk?
Pode-se dizer que me tornei USk oficialmente depois do 1º encontro em que participei, no Lorvão, mas comecei a desenhar com mais frequência em 2013. Com a descoberta do Diário Gráfico e depois de alguma pesquisa na internet, começaram a surgir desenhos e blogs com o termo Urban Sketchers associado e vendo alguns dos trabalhos, decidi que era aquele tipo de desenho que pretendia adotar. Mas foi com a criação do grupo MoSk, em 2014, que iniciei esta aventura do desenho, começando por ir aos encontros do grupo de Urban Sketchers em Aveiro (ASk), organizados por João Tiago e posteriormente a outros encontros. Depois, fui desafiado a experimentar um novo suporte para os meus desenhos, o papel palha de arroz produzido no Centro de Artes do Papel e a realizar um encontro para divulgar esta técnica. Desde aí, sempre
que posso, levo papel de palha de arroz para todos os encontros de desenho e tento partilhar esse diferente suporte de desenho.
O que/quem mais inspira os teus desenhos?
Gosto de desenhar edifícios distorcendo as suas perspectivas e volumes, registando-os de forma rápida. Este estilo de desenho que adotei surgiu, em grande parte, devido à influência de vários Urban Sketchers tais como Eduardo Salavisa e Nelson Paciência.
O encontro USk mais marcante?
O encontro mais marcante foi sem dúvida o primeiro que organizei em Montemor-o-Velho, pois foi o que marcou o início desta nova fase da minha vida, onde o desenho se tornou não só uma forma de interpretar o ambiente que me rodeava como manter recordações desses mesmos locais. Claro que todos os encontros onde participei e participo são também marcantes, permitindo-me descobrir novas técnicas, conhecer Urban Sketchers cujos trabalhos sigo nas
redes sociais e contactar com novos locais ao longo de Portugal, que tanto oferece para desenhar.
Que materiais preferes usar?
Como suporte para os meus desenhos gosto de experimentar tipos de cadernos diferentes, optando por andar sempre com mais do que um caderno em simultâneo, desenvolvendo diários cujos temas e técnicas são distintas. Para desenhar, prefiro utilizar caneta Bic e aguarela.
Jorge Antunes desenhado por Renata
Like Agenda dos Sketchers - Junho 2018 on Facebook
Colabora com a Agenda dos Sketchers
Estamos sempre à procura de histórias de encontros e actividades dos urban sketchers em Portugal. Se gostavas de ver a tua história aqui, pergunta-nos como podes fazer, enviando um email para uskp.regionais@gmail.com.
Torna-te associado dos USkP. Descobre como aqui.
Gosta da página de Facebook dos USkP Like https://www.facebook.com/uskportugal/ on Facebook

ACONTECE EM JUNHO

Exposições

24-05 a 25-06 | Lisboa | Desenhar Campo de Ourique | Biblioteca/Espaço Cultural Cinema Europa O Movimento Campo Vivo organiza com regularidade eventos para quem tem interesse em desenhar Campo de Ourique.

Encontros

02-06 | Arruda dos Vinhos | Riscar e pintar no mercado oitocentista | Oeste Sketchers
03-06 | Lisboa | LIFE DRAWING LISBOA | Galeria da Livraria Ler Devagar
03-06 | Barreiro | Entre a Avenida e a Indústria | USK Barreiro
16-06 | Ponte da Barca | Sketching com história | Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, USkPN e USkP
20-06 | Lisboa | Drink and Draw | Cafetaria do Palácio Baldaya

Formação

06-06 | Lisboa | 10x10: Top views aren't necessarily views from the top! | António Procópio , convidado por Nelson Paciência | USk
09-06 | Lisboa | Alfabeto Lisboeta: nos limites | José Louro | Museu Nacional de Arte Antiga
10-06 | Almada | Lisboa da Outra Margem | Richard Câmara |  Miradouro do Cristo Rei
09-06 | Lisboa | Vamos desenhar com... | Rita Catita | Museu Arqueológico do Carmo e USkP
13-06 | Lisboa | 10x10: No one knows about this monument | José Louro | USk
16-06 | Évora | 61º Encontro Ésk | Évora Skecthers | Mitra, Évora
16-06 | Lisboa | Alfabeto Lisboeta: nos limites | Mário Linhares | Alcântara Mar
20-06 | Lisboa | 10x10: The rock star Architecture in town! | João Catarino, convidado por Guida Casella | USk
22-06 | Lisboa | Night Sketching Workshop | Pedro Alves e Pedro Loureiro |
23-06 | Lisboa | Alfabeto Lisboeta: nos limites | Ketta Linhares | Centro Científico e Cultural de Macau
23-06 | Lisboa | Micro, Mega, Giga, Tera | A aguarela sobre papel seco | Mário Linhares | Fundação Calouste Gulbenkian
23-06 | Lisboa | Vamos desenhar com... | Bruno Vieira | Museu Arqueológico do Carmo e USkP
24-06 | Lisboa | Workshop de Sketching para Crianças e Jovens | Isa Silva | Jardim Botânico de Lisboa
27-06 | Lisboa | 10x10: Makeup and sketching are closer than you think | Miguel Molena , convidado por Pedro Loureiro | USk
30-06 | Lisboa | Micro, Mega, Giga, Tera | A aguarela sobre papel molhado | Mário Linhares | Fundação Calouste Gulbenkian

Desafio 89 - Desenhar dentro do carro

O desenho mais comentado no desafio do mês de Maio é da autoria do Marcelo de Deus, que desenhou o interior da sua viatura.


Copyright © 2018 Urban Sketchers Portugal, Todos os direitos reservados
Este email foi-te enviado porque és associado/a dos Urban Sketchers Portugal ou coordenas um grupo regional dos Urban Sketchers.

Queres mudar a forma como recebes a Agenda dos Sketchers?
Podes actualizar as preferências ou anular a subscrição

Contacta a equipa da Agenda através do email uskp.regionais@gmail.com

Email Marketing Powered by MailChimp

Sem comentários: