Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

domingo, 13 de maio de 2018

Encontro Oeste Sketchers - Termas dos Cucos

O encontro começou às 10h, mas eu só pude ir de tarde. Cheguei às 14h30 e a maior parte dos participantes tinha ido caminhar até às azenhas em ruína. Pus-me ao caminho, e que caminho, já não me lembrava da beleza natural deste percurso à beira do rio Sizandro. Eis que saem os primeiros desenhos.

Quando regressámos comecei aqueles desenhos contrariados, daqueles em que o sentimento é só um "devia ter ficado a desenhar as ruínas junto ao rio". Mas como o complexo termal celebra 125 anos de vida, decido continuar, apenas por respeito...ficou como ficou...


Ultimamente ando mais virado para o património discreto, aquele que ninguém quer saber, como estas casinhas operárias junto ao complexo termal.

No final da tarde, quando só estava eu e o Bruno, ainda houve tempo para um último registo.





3 comentários:

DiasVanda disse...

Registos incríveis, André.

Miú disse...

Belos desenhos, André, e uso muito original da cor.

André Duarte Baptista disse...

Muito obrigado :-)