Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Festival Latitudes, Obidos

3 desenhos de aproximação a Óbidos que escaparam entre os pingos da chuva tanto dentro do carro como no telheiro da Praça de Sta Maria que nos abrigou.

7 comentários:

Bruno Vieira disse...

...e que maravilhas ;)

João Santos disse...

Como eu gostava de saber fazer isto...

teresa ruivo disse...

Há dias em que olhar para o blog dá vontade de pegar nos cadernos e mandar tudo às urtigas. Mas não! Há que insistir :))
Estão lindos, João!

Rita Catita Afonso disse...

Eu há dias que me apetece mandar tudo às urtigas, menos os cadernos, e desenhar de manhã à noite.
O Mestre aparece no blog quanto menos se espera para nos lembrar do longo caminho que temos para percorrer. Alegria na adversidade, siga!

teresa ruivo disse...

Siga, pois!

José Louro disse...

Crime!!!

André Duarte Baptista disse...

o caderno aguentou-se bem :-) quanto aos desenhos, nada a acrescentar ao que já foi dito.. sublime