Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

TAU, também para mim!

A descrição do João Santos é certeira. Olhar à volta, escolher a presa e tau, desenhá-la. Por vezes, no fim, gosto de ir mostrar. Mas só quando há tempo,  quando as pessoas têm  um ar simpático, ou quando são  velhotes ávidos de dois dedos de atenção. Noutras vezes, como neste desenho, nada disso acontece. 
12 minutos é o tempo de secagem das máquinas das lavandarias. 
12 minutos para fazer um desenho, com o supremo desafio de que a pessoa não se aperceba de que está a ser desenhada. Todos sabemos os truques: toca de semicerrar os olhos, olhar atentamente para o que está em redor, fingir um genuíno interesse, neste caso, pelas máquinas de lavar. 
Ah, mas, em tão pouco tempo o desenho  não vai ficar bem! Paciência, faz-se na mesma!
E é assim, desenho a desenho, página a página, que guardamos a vida das cidades nos nossos cadernos que, talvez um dia,  venham a ser  testemunhos reais dos hábitos e dos costumes da nossa sociedade. Isso não é um desafio incrível?



4 comentários:

João Santos disse...

eheh apressado mas muito bom. Gosto que tenhas inserido as máquinas de lavar. E adorei a descrição ;)

Eduardo Salavisa disse...

Também não gosto que as pessoas se apercebam que as estou a desenhar. Às vezes é inevitável por estarem tão perto. Mas olha que a senhora está a olhar com ar desconfiado...

teresa ruivo disse...

Foi esse ar que me fascinou:) Antes de ir embora troquei um comentário sobre roupa, e logo sorriu. Não estava zangada, portanto:)

Pedro disse...

Somos uns caçadores. Até fico com vontade de frequentar as lavandarias.