Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 30 de março de 2016

Esquina destruída


Na véspera da Sexta-feira Santa, fui aproveitar o sol na pausa de almoço. Dei com esta esquina destruída entre a Travessa de Santa Marta e a Rua do Passadiço, em Lisboa.
Trata-se de uma esquina onde muitas viaturas passam para o Instituto Oftalmológico Dr. Gama Pinto e daí as paredes estarem todas riscadas e de várias cores das portas dos carros.
Enquanto estive a desenhar desviei-me várias vezes para os táxis fazerem a curva. Mas não imagino que viatura possa ter dado cabo do corrimão da varanda do edifício. Um camião não teria margem para fazer a curva e as carrinhas não são tão altas. Mistério.
Viam-se bem os tijolos e as vigas da estrutura. Uma cicatriz aberta para deixar quem passa a imaginar o resto.

9 comentários:

Rita Caré disse...

Adoro este desenho!
Se calhar foi um drone que se espatifou na varanda... ou algum doido se pendurou lá... estou a divagar...

Marilisa Mesquita disse...

A esquina ficou destruída, mas deu um desenho espectacular!
os teus desenhos andam muito coloridos e gosto disso

Henrique Vogado disse...

Tenho experimentado as tonalidades com os diversos marcadores da Faber-Castell. Torna-se mais dificil em algumas situações que resolveria com aguarela.

Teresa Ruivo disse...

Admiro o domínio das canetas de feltro. Acho super difícil!

Luís Ançã disse...

Gosto muito do ambiente.

Manuela Rolão disse...

Adoro este desenho: a sua história e a luminosidade.

Maria Celeste disse...

...um belo desenho com contornos de história policial...

cláudia mestre disse...

Um mistério por descobrir e registado pelo teu magnífico desenho!

J.Espadaneira disse...

Junto ao Instituto Oftalmológico... carros a bater no prédio... bate certo.
Bom desenho para uma boa história.