Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blogue só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

quarta-feira, 31 de março de 2010

Visita ao museu geológico


A Erica desafiou-me a ir desenhar para o Museu Geológico. Eu nunca lá tinha ido, por isso a minha primeira reacção foi de preguiça: "Desenhar calhaus...?!"
Mas assim que ela me esclareceu que o conteúdo da exposição inclui fósseis, ossos e crânios humanos, ganhei logo entusiasmo!

Valeu a pena passar lá uma tarde a tentar entender melhor a anatomia da cabeça. (Tendo em conta o buraco no meio do osso frontal, dá para adivinhar que o dono de um dos crânios que desenhei não teve uma vida fácil...)
E há lá muitos eye candies: por exemplo as algas e os equinodermes, para os apaixonados pelas 3 dimensões; e uns calhaus realmente notáveis pelas cores e formas, para os curiosos dos minerais e até para os comuns mortais.


7 comentários:

Galeota disse...

Ossos do ofício.

hfm disse...

Cadavericamente belos. Boa Páscoa!

Sara Simões disse...

Boa Páscoa!

Anónimo disse...

"Desenhar calhaus" :D

Quando andei a passear por Roma, também só pensei nisso...

Belos cachaços, tendes aí! (:

zeta disse...

Uma formidavel apresentação gráfica:enquadramento,cor e até consta de uma exibição axial dos objectos!

H.Vogado disse...

Isso é que é fazer um desenho de cabeça :-)
Muito bem apanhado toda a forma e sombra.

Erica disse...

Fico contente que tenha sido produtivo!